ACTIVIDADES

Normalização

A AP3E é Organismo de Normalização Sectorial (ONS). O ONS.AP3E, sob protocolo com o IPQ, é responsável pelo funcionamento da CT 125 – Explosivos Civis e Pirotecnia e CT 183 – Atmosferas Potencialmente Explosíveis. Ambas as CT’s são presididas pelo Eng. João Mendes Bica. As duas CT’s estão organizadas de modo a disponibilizar aos seus membros as normas em processo de tradução. As duas CT’s reunuem de acordo com um plano de trabalho aprovado em cada CT.  Os interessados em integrar qualquer das CT’s deverão manifestar esse interesse junto do secretariado da AP3E: secretariado@ap3e.pt

Formação

A AP3E mantém um protocolo com a ANIET e a PSP para a Formação de Operadores de Produtos Explosivos, baseado nos programas aprovados pela Federação Europeia dos Engenheiros de Explosivos (http://www.efee.eu/), que estabeleceu os conhecimentos básicos do Operador de Explosivos Europeu, para as operações de Desmonte de Rocha e Demolição. O Manual de suporte à formação foi publicado em maio de 2012, tendo em agosto de 2013 sido editada a 2ª edição, com ligeiras correções. O Manual está disponível para venda junto da AP3E, pelo valor de 35 €, a que acrescem custos de envio (2 € para Portugal, 10 € para Angola, Brasil e Moçambique). Os cursos de formação estão previstos decorrer no Porto, Coimbra e Lisboa e terão a duração de cerca de 30 horas. No final do curso está previsto a realização de um exame pela PSP destinado à obtenção da cédula de operador de explosivos. Os interessados em participar nos cursos deverão manifestar esse interesse junto do secretariado da AP3E para futuro contacto: secretariado@ap3e.pt

Conferências e Seminários

Nos últimos anos a AP3E tem promovido  vários seminários pelas escolas de ensino superior do País no sentido de dar a conhecer a Engenharia dos Explosivos nas actividades civis. Esses seminários dirigidos à Comunidade Escolar estão também abertos à comunidade em geral. Já foram realizados seminários no Instituto Superior de Engenharia do Porto, na Universidade de Coimbra, no Instituto Superior Técnico em Lisboa, na Universidade Nova de Lisboa, na Universidade de Évora, na Universidade do Porto, estando o próximo previsto para a Universidade de Aveiro. A AP3E colabora com outras associações congéneres e as autoridades na realização de seminários e workshops em temas com a Segurança na Pirotecnia, a marcação CE de artigos pirotécnicos, a rastreabilidade dos explosivos, entre outros.

Prémio AP3E de Engenharia de Explosivos

Destinado a premiar os melhores trabalhos académicos desenvolvidos nos últimos anos na área da Engenharia dos Explosivos, a AP3E promove de dois em dois anos o Prémio AP3E de Engenharia de Explosivos. O júri tem sido constituído por um representante do colégio de Eng. Minas da Ordem dos Engenheiros, docentes de diferentes escolas do ensino superior e profissionais do sector dos explosivos, entre fabricantes e utilizadores. O prémio tem sido atribuído desde 2009. O próximo concurso será ao Prémio AP3E de Engenharia de Explosivos 2019 previsto abrir entre 1 de dezembro 2019 a 29 de fevereiro de 2020. Para mais informação contactar: secretariado@ap3e.pt.

"